Os pequenos negócios empresariais são formados pelas micro e pequenas empresas (MPE) e pelos microempreendedores individuais (MEI).

No Brasil existem 6,4 milhões de estabelecimentos. Desse total, 99% são micro e pequenas empresas (MPE). As MPEs respondem por 52% dos empregos com carteira assinada no setor privado (16,1 milhões).

Segundo o SEBRAE cerca de 27% das pequenas empresas fecham no primeiro ano, é um número alarmante e que indica que não basta apenas conhecer bem um determinado produto ou serviço, é necessário saber gerir o negócio, não somente para se manter aberto, como também para se transformar em uma grande empresa. 

E mais… Segundo estatísticas do IBGE (2013, 2014), em torno de 60% das empresas fecham com menos de 5 anos. Período no qual deveriam estar ganhando sustentabilidade e escalabilidade.

Geralmente o motivo do fechamento se dá por: 

 

  1. Falta de planejamento prévio 
  2. Má gestão empresarial 
  3. Comportamento do empreendedor

 

Falta de Planejamento Prévio 

Ao abrir a empresa, parte dos empreendedores não levantou informações importantes sobre o mercado

Mais da metade não realizou o planejamento de itens básicos antes do início das atividades da empresa.

Um maior tempo de planejamento permite que se conheça melhor o mercado antes de abrir a empresa, o que tende a aumentar as chances de sucesso.

 

Má Gestão Empresarial 

Gestão empresarial é uma estratégia de condução de negócios a melhores resultados, partindo de ações que envolvem a organização de processos, o controle das finanças, a administração dos recursos humanos e materiais e tudo aquilo que é essencial para a sua manutenção.

Quando você precisa tomar conta de tudo, alguma coisa acaba ficando para trás. Automatizar a gestão empresarial do seu negócio, te dá mais tempo para cuidar do que realmente faz a diferença, tanto a gestão empresarial, quanto a gestão financeira podem ser feitos com a SOFT-ROM, que oferece software com tudo o que você precisa para se manter em dia com a legislação. 

As empresas que costumam, com frequência, aperfeiçoar produtos e serviços, estar atualizada com respeito às tecnologias do setor, inovar em processos e procedimentos e investir em capacitação, tendem a sobreviver mais no mercado.

 

Comportamento do Empreendedor 

O comportamento empreendedor é um conjunto de capacidades necessárias para transformar ideias e oportunidades em ação. … Empreender pode ser criar um negócio, organizar uma ação que resolva um problema da comunidade ou um projeto de inovação dentro de uma empresa.

Em meio a um cenário competitivo no qual estamos inseridos, onde negócios são movidos a inovação e a diferenciação se tornou um dos fatores determinantes na sobrevivência de qualquer tipo de empresa ou negócio, o “Espírito Empreendedor” se faz indispensável. 

Viver à frente do seu tempo e dedicar-se a algo que realmente faça sentido são os principais combustíveis que movem empreendedores bem sucedidos. 

Se você está buscando dar os próximos passos e fazer seu negócio crescer, listamos algumas estratégias que podem ajudar a desenvolver a sua empresa:

 

  • Pesquise constantemente o mercado, não é porque está vendendo bem um produto que pode parar de acompanhar as mudanças do mercado. 
  • Defina metas realistas, é melhor dar um pequeno passo do que ficar sonhando com grandes saltos difíceis de executar. 
  • Esteja disposto a se adaptar, o papel aceita tudo, mas a realidade é bem diferente, precisamos muitas vezes abrir mão de expectativas e nos adaptarmos a outras realidades. 
  • Faça campanhas de marketing, desenhe estratégias tanto para o desenvolvimento de produtos quanto para a captação de novos clientes. 
  • Conheça e se aproxime de seus clientes. 
  • Invista nos clientes antigos, afinal é mais barato e rentável investir em quem já é cliente.
  • Aumente seu alcance com diferentes canais, não confie em apenas um canal de vendas e divulgação. 
  • Faça parceria com empresas que complementam seus serviços. 
  • Diversifique seus produtos e serviços
  • Participe de eventos, mesmo com os eventos escassos, você pode fazer networking digital e continuar conhecendo pessoas. 
  • Use a tecnologia a seu favor, além das redes sociais para a divulgação e relacionamento com seus clientes, você pode contar com softwares de gestão que são uma mão na roda para você tocar o seu negócio sem se descuidar de nada.